Muita calma nessa cozinha: Receita de Caldo verde da Manu

caldoverde

Hoje acordei com vontade de tomar sopa. Eu AMO sopas e caldos e agora que o friozinho chegou, não tem nada mais perfeito pra comer no jantar. Mas como acordei com disposição pra cozinha hoje, resolvi preparar na hora do almoço mesmo, e ficou uma delícia!
Postei no instagram um vídeozinho mostrando, e várias pessoas pediram a receita. Igor falou: “Mas como assim? É Caldo verde, todo mundo sabe fazer caldo verde.”
Tive que discordar. Eu não sabia. E mesmo quando aprendi em alguma receita pela internet, não sabia alguns truques que deixam o caldo ainda mais delicioso, como refogar a batata antes de cozinhar com bastante alho e cebola, por exemplo. Eu simplesmente cozinhava a batata com água e sal e pronto. Não fica a mesma coisa!
Outro segredo é fritar a linguiça e deixar ficar aquela crostinha no fundo da frigideira, pra depois misturar com um pouco do caldo, e deixar ele se misturar com a crostinha do fundo da panela e pegar aquela corzinha e gostinho da linguiça.
Coisas assim nem sempre se aprende em receitas da internet. Por isso, resolvi postar sim a receita aqui no blog. Não sou a melhor cozinheira do mundo, mas caldo verde aqui em casa sou sempre eu que faço, então, chamo de “minha especialidade”. Igor tem as dele também, e o cheesecake de morango é uma delas. Um dia deles aparece por aqui também. Mas por enquanto vamos de caldo verde mesmo:

Você vai precisar de:
5 batatas grandes
8 dentes de alho
1 maço de Couve manteiga
1 cebola
Pimenta do reino
Linguiça fina mista

Preparo:

1– Triture/corte/amasse 4 dentes de alho e metade da cebola e refogue em uma panela com um fio de azeite.

2– Corte as batatas em 4 pedaços cada e refogue na panela junto com o alho e a cebola.

3– Coloque água na panela até cobrir as batatas, coloque sal a gosto e deixe cozinhar até as batatas ficarem bem molinhas.

4– Com a ajuda de uma concha, coloque as batatas no liquidificador junto com a água em que ela foi cozida (essa água é muito importante para ficar saboroso!), e despeje o caldo batido de volta na panela.

5– Agora, é hora de cortar a couve bem fininha e em pedaços pequenos. Não use a couve em tiras muito compridas porque quando misturar com o caldo, ela vai embolar toda no meio da panela e não vai ficar bem distribuída no caldo. Corte pedaços curtos e fininhos.

6– Refogue os outros 4 dentes de alho e a outra metade da cebola com azeite em outra panela (pode ser uma frigideira grande), e quando estiverem bem douradinhos, coloque a couve e misture. Afabe com uma tampa e espere até a couve murchar. Mexa sempre, em fogo baixo.

7– Jogue a couve na panela com o caldo, e na mesma frigideira jogue a linguiça cortadinha em pedaços pequenos. Deixe ela fritar bem e deixe aquela crostinha se formar no fundo da panela, você pode ir jogando um pouco de água enquanto a linguiça frita, para que ela não queime rapidamente.

8– Misture umas duas conchas do caldo na frigideira junto com as linguiças, e com uma colher de pau ou uma espátula de silicone vá misturando beeeem, até soltar a crostinha toda do fundo da frigideira, e ela se misturar ao caldo, que vai ficar bem moreninho e com um gostinho sensacional.

9– Agora, é só jogar esse caldo de volta na panela com o restante do caldo batido e a couve, misturar e cozinhar por mais alguns minutos. Aí, é só ir provando e acertando o sal e a pimenta do reino, até ficar bem delícia.

E é isso, pessoal! É assim que faço aqui em casa e como deu pra perceber, não tem mistério, nem é diferente das receitas que vocês vão encontrar aí pela internet. Mas detalhes como cozinhar a batata com o alho e a cebola refogada, e aproveitar a crostinha da linguiça fazem toda a diferença!
Cortar a couve bem pequenininha também foi algo que não me ensinaram, e meus primeiros caldos verdes ficavam com um bolo de couve embolada no meio da panela.
Então, espero que vocês façam por aí e depois me contem se ficou bom mesmo 🙂
E quem tiver mais algum segredo pra ensinar, pra deixar o caldo verde ainda mais delícia, me conta também! Vou adorar incrementar o meu <3 caldo00
caldo2

caldo3

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *